Busca

Carregando...

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Desafio ACCENTURE CAMPUS CHALLENGE 2014



Cursos: Administração de Empresas, Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Direito, Economia, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Naval, Estatística, Física, Matemática, Psicologia, Relações Internacionais, Administração Pública, Agronegócios, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Gestão Comercial, Gestão Financeira, Gestão de Políticas Públicas, Gestão Pública, Gestão de RH, Logística, Marketing, Processos Gerenciais, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia da Mobilidade, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Energia, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia de Minas, Engenharia de Petróleo, Engenharia de Sistemas, Engenharia de Segurança do Trabalho, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Física, Engenharia Florestal, Engenharia Hídrica, Engenharia Industrial, Engenharia Nuclear, Engenharia Química, Engenharia Têxtil, Engenharia Aeronáutica ou Engenharia Metalúrgica.
Pré-requisitos: Podem participar alunos que cursem os dois últimos anos dos cursos.
Inscrições:

Estão abertas até o dia 15 de novembro as inscrições para o Accenture Campus Challenge 2014, um desafio universitário criado pela empresa Accenture Brasil para recrutamento de jovens profissionais. O vencedor será contratado pela empresa e conhecerá o Centro de Treinamento da Accenture, durante viagem de quatro dias em Chicago, nos Estados Unidos.

Na primeira fase do processo, o participante assume o papel de um consultor da Accenture em clientes fictícios, por meio de um aplicativo móvel, disponível para plataformas iOS, Android e uma versão web compatível com a maioria dos smartphones, tablets e desktops, que podem ser acessados no endereço www.accenture.com.br/campuschallenge.

A competição universitária ocorre pela terceira vez no Brasil e há 10 anos em países como Alemanha, Áustria e Suíça. Para saber mais sobre o Accenture Campus Challenge 2014, Accenture Campus Challenge 2014. Os detalhes sobre esta edição estão disponíveis no regulamento do desafio.

Fonte: Universia

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

7 coisas para pesquisar antes da entrevista de emprego



Especialista em carreira e ambiente de trabalho do portal de empregos Glassdoor listou sete coisas que você precisa pesquisar sobre um empregador

 
Foto: Reprodução
Antes de ir para uma entrevista de emprego, é preciso saber o mínimo sobre a empresa que está recrutando.

Além de te colocar um passo a frente de outros candidatos que não pesquisaram sobre o assunto, você pode usar estas informações para se identificar com os valores e a missão da companhia. E esses detalhes não passam despercebidos pelos recrutadores.

Então, se você tem uma entrevista de emprego marcada para os próximos dias, dê uma olhada nestas dicas que a especialista em carreira e ambiente de trabalho do portal de empregos Glassdoor, Heather Huhman, listou com as sete coisas que você precisa pesquisar sobre um empregador.

1. As qualificações e experiências que a companhia valoriza

Saber o que uma empresa procura em um candidato é imprescindível para se dar bem em uma entrevista de emprego.
E é dessa forma que você poderá se destacar no processo seletivo e se encaixar nos requisitos da vaga.
Pesquise nas páginas de carreira da empresa – se ela tiver – e leia os detalhes da oportunidade publicada.
Se puder, fale com alguns funcionários que já trabalham na companhia para saber o que ela valoriza em um profissional.

2. As "peças-chave" da organização

Pesquise sobre os funcionários que ocupam cargos importantes na companhia, como gerentes, diretores, CEO, etc. Você tentar encontrar informações sobre eles na página da empresa.
Também dê uma olhada no que esses profissionais falam sobre a companhia pelo LinkedIn ou em outras redes sociais.

3. Notícias e eventos recentes sobre a empresa

Procure saber quais foram as últimas notícias que saíram na mídia sobre a companhia, bem como os eventos que ela promoveu.
Muitas empresas colocam estas informações em páginas dedicadas a releases de imprensa ou até mesmo criam sites para divulgar suas ações.

4. Visão, missão e valores

Um dos aspectos mais importantes analisados pelos especialistas em Recursos Humanos nos candidatos é o quanto eles se identificam com a visão, missão e valores da companhia.
Quanto mais alinhado aos valores da empresa, mais perfil um profissional tem para trabalhar nela.
Essas informações podem ser facilmente encontradas no site da companhia, na seção “Sobre”. Você também pode aprender sobre a cultura da companhia pelas redes sociais onde ela tem perfil.

5. Clientes, produtos e serviços

Não dá para tentar trabalhar em um lugar se você não tiver uma ideia dos produtos, serviços e clientes da empresa. Encontre essas informações no site ou no blog da companhia.

6. Informações "‘privilegiadas"

Heather Huhman também aconselha o profissional a buscar informações sobre a companhia em que está disputando uma vaga.
No portal Glassdoor, por exemplo, funcionários podem avaliar anonimamente suas empresas e falar sobre as vantagens que têm em trabalhar ali.
Como no Brasil ainda não existe um portal com tantas informações como o site norte-americano, os profissionais daqui podem dar uma olhada no que os atuais funcionários da companhia falam sobre ela nas redes sociais.
Quem conhece uma pessoa que já trabalhou no local também pode pedir referências sobre o ambiente de trabalho da empresa.

7. A pessoa que irá te entrevistar

Saber quem será seu entrevistador pode te dar uma vantagem na competição pela vaga.
Ter essa informação pode ajudar o candidato a se identificar mais com o recrutador, fazendo com que a conversa flua com mais facilidade.
Essa técnica também pode ajudar aqueles que ficam muito nervosos durante uma entrevista.
Muitas vezes, algumas pessoas podem ficar ansiosas e ter o desempenho prejudicado por saberem que serão entrevistadas por uma mulher ou homem, ou por alguém em um cargo alto na companhia.
Uma forma de procurar informações sobre o recrutador é pesquisando pelo nome informado no e-mail que ele enviou para marcar a entrevista.
Caso você não consiga encontrar o nome, entre em contato com a companhia e pergunte quem será o seu entrevistador.

Fonte:Exame.com

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Está aberta a temporada de caça aos trainees



Grandes empresas dão início ao processo seletivo para a contratação de profissionais recém-formados. Saiba o que fazer e como se preparar para concorrer a uma vaga.

Por Luisa Purchio (luisapurchio@istoe.com.br) 

Os atalhos para ingressar nas companhias mais cobiçadas do Brasil estão abertos. Com a desaceleração econômica, passar em um processo seletivo de trainee ficou mais difícil. De acordo com a Cia de Talentos, em 2014 o número de vagas abertas será o mesmo em relação a 2013, quando a empresa mediou a contratação de 1.562 profissionais – 19,4% a menos que em 2012. A boa notícia é que a maioria das vagas ainda vai abrir até o fim do ano. Os programas das corporações incluem salários de, em média, R$ 5,5 mil e benefícios que vão desde treinamentos internacionais a participação nos lucros. Ficar entre os finalistas não é fácil – apenas 0,3% dos candidatos é contratado –, mas alguns conselhos podem ajudar na classificação. “Todo mundo tem um talento que só precisa ser direcionado para se sobressair”, afirma Kleber Piedade, sócio-diretor da Seja Trainee.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Veja como montar currículo para conseguir o primeiro emprego



Pâmela Kometani
 
Como montar um currículo sem nunca ter trabalhado? Realmente é preciso colocar o cargo ou objetivo pretendido em todos os documentos? E o profissional que tem muitos anos de experiência, como ele pode destacar isso? Essas são apenas algumas das dúvidas que muitos trabalhadores têm na hora de preparar o currículo, que é o cartão de visitas de quem está em busca do primeiro emprego ou de uma nova oportunidade de trabalho.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Evite as gafes da comunicação oral na entrevista



Diversas características são avaliadas dentro de um processo seletivo, no entanto, além da parte técnica, uma competência que poucos se preocupam em trabalhar, e que pode fazer a diferença na escolha entre um ou outro profissional, é a comunicação oral.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Qual a importância do ENADE para o seu futuro profissional



Cada vez mais o conceito dos cursos vem ganhando importância. Um curso bem conceituado motiva os alunos a melhorarem cada vez mais, valoriza o diploma de quem está se formando e pode inclusive auxiliar na hora de obter um emprego na sua área. Afinal, qual empresa não quer um profissional que se formou em um curso qualificado?  

Por isso, o ENADE é importante não só para você, mas principalmente para seu futuro profissional.